Quinta-feira, 1 de Dezembro de 2011

371 Anos Após 01/12/1640

Passam hoje 371 anos quando um grupo de Patriotas pôs termo a 60 anos de domínio espanhol em Portugal, e restaurou a Independência do País, feito esse alcançado a 5 de Outubro de 1143.

 

Passaram 371 anos sobre esse feito heroíco, e possivelmente este será o último ano em que poderemos comemorar tal evento, já que este Governo, quiçá seguindo as orientações vindas do além por parte de Miguel de Vasconcelos, quer banir esse feriado da lista de feriados nacionais. Todavia, enquanto Deus me der vida e saúde, comemorarei sempre tal data.

 

Desde 1 de Dezembro de 1640 que muita coisa aconteceu em Portugal, e o feito alcançado em 1 de Dezembro de 1640 tem vindo a cair nas raízes do esquecimento, pois Portugal tem vindo a perder a Independência alcançada em 1 de Dezembro de 1640. Se é que ainda hoje a tem.

 

Restaurada a Independência de Portugal, houve quem não digerisse esse facto lá muito bem. Mesmo dentro do nosso País, pois isso implicou a perda de benefícios, regalias e mordomias para muito boa gente na altura.

 

Com efeito, em 1834, com a assinatura da Convenção de Evoramonte que Portugal entrou numa espiral de declínio e de auto-destruição, da qual não consegue sair. Essa Convenção marcou o início do fim de Portugal, enquanto Nação Livre, Soberana e Independente. A essa triste Convenção seguiu-se a funesta Revolução de 5 de Outubro de 1910, que implantou autoritariamente em Portugal o regime republicano, com consequências desastrosas para o nosso País. Os desmandos e os deboches cometidos na vigência do regime republicano foram travados pelo Estado Novo, Estado Novo esse que não teve a lucidez suficiente para devidamente acautelar o futuro de Portugal e dos Portugueses. Daí que o Estado Novo tenha sido derrubado por essa famigerada, bizarra, sui generis e atípica Revolução de 25 de Abril de 1974, a que se seguiu o inevitável PREC, a Reforma Agrária, a Descolonização dita de exemplar, e as Nacionalizações.

 

Fruto desses desmandos, aliados a uma suicida integração na então C.E.E., hoje União Europeia, que Portugal tem perdido a sua Independência, restaurada há precisamente 371 anos. Somos hoje um povo triste, deprimido, sem ambição, endividado até à medula, governado ao longo dos anos por verdadeiros ininputáveis políticos. Não temos nem autoridade nem soberania. São os Países estrangeiros que mandam em Portugal, e os nossos governantes mais não dão do que meros comissários políticos dos Países estrangeiros que mandam em Portugal, executando fielmente as suas ordens, como fieis devotos das potências estrangeiras. Ao ponto de destruirem o melhor que temos, que é a família, com a liberalização do aborto e o casamento de duas pessoas do mesmo sexo.

 

Portugal não tem auto-estima, identidade própria e soberania. Não há apologia nem exaltação dos valores nacionais. Somos um País deprimido, que se vai afundando lentamente, enquanto outros se riem e se divertem com a noss agonia. Resignamo-nos e não sabemos dizer basta ao estado a que Portugal chegou, assim como Nuno Álvares Pereira soube dizer basta às tentativas de Castela para ocupar Portugal, e que os soube derrotar em Aljubarrota. Ou como o Duque de Bragança soube a 1 de Dezembro de 1640 dizer basta ao domínio de Espanha em Portugal.

 

Eu não me conformo com o estado a que o meu País chegou. Eu não me revejo no Portugal de hoje. Eu não quero continuar a ver o meu País a afundar-se cada vez mais. Eu quero um Portugal Uno, Livre, Soberano e Independente, pois não me resigno nem me conformo com o País que temos.

 

Portugal precisa urgentemente de um novo 1º de Dezembro, e de Verdadeiros Patriotas para o fazer. Antes que seja tarde.

publicado por novadireita às 14:57
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

23
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Revisão de Feriados

. Mais Atrasos nos Pagament...

. Arquivada Queixa-Crime Co...

. Doutor Manuel Monteiro

. Rei Ghob - E Agora Senhor...

. Terrorista Impune

. Congresso do PSD - Mais D...

. Combustíveis Voltam a Aum...

. 11 de Março de 1975; 37 A...

. Paragem Carnavalesca

.arquivos

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

blogs SAPO

.subscrever feeds