Segunda-feira, 22 de Novembro de 2010

Jorge Ferreira - Um Ano de Eterna Saudade

Fez ontem precisamente um ano que, com apenas 48 anos de idade, faleceu Jorge Ferreira, vítima de doença prolongada, e perfeitamente consciente do mal assassíno de que padecia.

 

Conheci Jorge Ferreira quando tinha 14 anos de idade, idade com que aderi à então Juventude Centrista. Com ele travei uma relação de amizade, de lealdade e de cumplicidade. Com excepção da opção entre Monarquia e República, em que estavamos nos antípodas, lutámos por causas, valores e princípios comuns, em prol de um projecto político de direita, direita essa conservadora nos princípios, liberal na economia, humanista nas questões sociais, e soberanista em relação à União Europeia.

 

Estivemos juntos nesse mesmo combate na transformação do CDS em PP, em prol da constituição de um verdadeiro partido de direita democrática em Portugal. Jorge Ferreira foi Vice-Presidente do então PP, chegando a líder da bancada parlamentar do Partido, e eu fui Presidente da Comissão Política Concelhia de Tábua do PP, Vice-Presidente da Distrital de Coimbra, e membro quer do Conselho Nacional, quer do Conselho Nacional de Jurisdição do PP durante o período de tempo em que Manuel Monteiro foi Presidente do Partido. E não jamais esquecerei que também a ele se deve o melhor resultado eleitoral que um partido assumidamente de direita como era o então PP teve nas eleições legislativas de Outubro de 1995, com 10% dos votos.

 

Foram muitas as reuniões e os eventos políticos que tive com Jorge Ferreira ao longo dos anos. Sempre vi nele um exemplo de lealdade, de firmeza, de frontalidade, de honestidade, de seriedade e de verdade. Jorge Ferreira era uma pessoa que dizia o que pensava, sem estar à espera de aplausos ou de protagonismo, bem como de agradar a este ou àquele sector. Usava por vezes uma linguagem e um estilo acutilante ou mordaz, mas sempre adequado às circunstâncias em que o fazia.

 

Depois, com a ascenção de Paulo Portas à liderança do então PP, e com a transformação desse partido em algo politicamente indefenido, houve um afastamento de ambos do actual CDS, que culminou em 2003 com a desfiliação de ambos do CDS, e com a fundação do PND, projecto político onde ambos estivemos envolvidos. Recordo ainda que Jorge Ferreira teve o condão de desmascarar o inenarrável Paulo Portas, dizendo que viu nele duas pessoas: O Paulo Portas jornalista, que denunciava sem dó nem piedade os políticos deste País, e o Paulo Portas político, que era e é precisamente a antítese do Paulo Portas jornalista. E que o Paulo Portas jornalista, num editorial ou num artigo de opinião, desfazeria sem dó nem piedade o Paulo Portas político. Como me revi e revejo nas observações que Jorge Ferreira fez sobre Paulo Portas.

 

Jorge Ferreira foi um Homem de luta, de combate e de acção. A sua maneira de ser e de estar na vida é para mim um exemplo a seguir. Infelizmente não conseguiu vencer o derradeiro combate de luta pela vida, vindo a falecer no dia 21de Novembro de 2009, precisamente apenas 4 dias depois de eu ter feito 41 anos de idade, tendo ido a enterrar no dia seguinte, dia 22 de Novembro, dia em que celebrei um ano de união de facto com a Ana Isabel (hoje faz dois anos que estamos juntos). A vida tem destas infelizes coincidências.

 

Jorge Ferreira foi das pessoas mais inteligentes e cultas com quem lidei ao longo da vida. Com a sua morte perdi o amigo leal, sincero, sempre com a resposta pronta e que aprendi a admirar desde os meus 14 anos. A morte de Jorge Ferreira não foi só uma perda para a direita portuguesa. Foi uma perda para Portugal, numa altura em que Jorge Ferreira ainda tinha muito para dar ao País, sobretudo neste período de grave crise política, económica, social, cultural e de valores.

 

Jorge, onde quer que estejas, descansa em paz, que bem mereces, pois a falta que fazes a todos aqueles e aquelas que contigo lidaram é muita. Que Deus te dê o Eterno Descanso de que tu tanto precisas, que nós cá iremos tentar aguentar o barco. A tua perda é e será irreparável.

publicado por novadireita às 15:39
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

23
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Revisão de Feriados

. Mais Atrasos nos Pagament...

. Arquivada Queixa-Crime Co...

. Doutor Manuel Monteiro

. Rei Ghob - E Agora Senhor...

. Terrorista Impune

. Congresso do PSD - Mais D...

. Combustíveis Voltam a Aum...

. 11 de Março de 1975; 37 A...

. Paragem Carnavalesca

.arquivos

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

blogs SAPO

.subscrever feeds