Terça-feira, 9 de Novembro de 2010

Orçamento de Estado Aprovado

Como era de esperar, e como era desejado pela corja que (des)manda neste País (ou no pouco que resta dele), o Parlamento aprovou o Orçamento de Estado para 2011.

 

Trata-se de um mau orçamento, conforme é reconhecido pela generalidade dos economistas. É um orçamento que lança o maior aumento de impostos dos últimos tempos. Aumento de impostos que irá gerar uma diminuição do rendimento das famílias e, por conseguinte, diminuição do consumo. Aumento de impostos esse que, por força da diminuição do consumo, irá gerar um aumento da taxa de desemprego. E, com o aumento da taxa de desemprego, a receita que o Estado arrecadará com o aumento de impostos será revertida para pagar os subsídios de desemprego.

 

Vêm ái tempos difíceis. Vai haver fome e miséria. E, com a fome e a miséria que há-de vir, irá aumentar a taxa de criminalidade, pois muitos serão aqueles e aquelas que roubarão para dar de comer quer a si, quer aos seus. Irá também crescer a agitação social, as greves e as manifestações. Mas tudo ficará em águas de bacalhau, pois somos um povo de brandos costumes. Se o não fossemos, certamente que não teriamos tido as funestas revoluções de 5 de Outubro de 1910 e de 25 de Abril de 1974.

 

Foi por causa dos desmandos dos dementes que (des)governaram o País que Portugal chegou aonde chegou. E a aprovação do Orçamento de Estado deixou bem à vista a falta de uma alternativa válida e credível a este Governo de José Sócrates.

 

A opinião pública dominante veio vociferar que se o Orçamento de Estado não fosse aprovado, viria aí o caos. Os juros da dívida pública iriam aumentar em flecha, mais cedo ou mais tarde o FMI iria intervir em Portugal, e as consequências para o País seriam bem piores em caso de não aprovação do orçamento. E o que é que PSD e CDS fizeram?

 

O PSD, sob a liderança dessa desilusão política que é Pedro Passos Coelho, que já tinha dado a mão ao Governo de José Sócrates nos PEC I e II, depois de ter dito que jamais viabilizaria qualquer medida que contemplasse um aumento de impostos, vindo depois pedir desculpas numa pífia espécie do "Perdoa-me", e depois de no discurso da rentré ter dito que chumbava o Orçamento de Estado para 2011, caso o mesmo contemplasse um novo aumento de impostos, afinal veio a viabilizar o famigerado orçamento.

 

Bastaram algumas vozes do PSD conotadas com a opinião pública dominante falarem para Passos Coelho ter de recuar na sua firme recusa de não permitir um novo aumento de impostos, viabilizando o Orçamento de Estado pela via da abstenção. No debate parlamentar o líder da bancada do PSD disse que era a última oportunidade que o partido dava ao Governo.

 

Mas quem é que leva a sério o que o PSD diz? Só quem não estiver no seu perfeito juízo. Aguarda-se pois pelo "Perdoa-me II" de Pedro Passos Coelho.

 

Quanto ao CDS, a sua postura também foi no mínimo bizarra. Com efeito, o inenarrável Paulo Portas disse que o CDS votaria contra o Orçamento de Estado para 2011 por ser um mau orçamento, uma vez que o mesmo não trazia consigo crescimento económico. Mas o CDS só anúnciou o seu sentido de voto depois de ter indícios suficientes de que o PSD se iria abster. Caso contrário era ver Sócrates e Portas sentados à mesa a encetarem negociações para que o CDS votasse a favor do orçamento.

 

Que raio de alternativas existem ao Governo de José Sócrates. Não espanta pois que a abstenção tenda a aumentar nas próximas eleições. Até quando é que isto vai durar? Para mim, é até estarmos engajados a este modelo de União Europeia. Tivesse Portugal recusado aderir ao Euro, conforme fizeram a Inglaterra, a Dinamarca, a Suécia e a Polónia, e certamente que não estavamos no estado em que nos encontramos.

publicado por novadireita às 17:01
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

23
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Revisão de Feriados

. Mais Atrasos nos Pagament...

. Arquivada Queixa-Crime Co...

. Doutor Manuel Monteiro

. Rei Ghob - E Agora Senhor...

. Terrorista Impune

. Congresso do PSD - Mais D...

. Combustíveis Voltam a Aum...

. 11 de Março de 1975; 37 A...

. Paragem Carnavalesca

.arquivos

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

blogs SAPO

.subscrever feeds